Congratulamo-nos com a atribuição do prémio Obstbaum à equipa formada pela Prof. Andreia Rosa, Prof. Joaquim Murta e Prof. Miguel Castelo Branco

Uma equipa de Coimbra constituída por Oftalmologistas – Andreia Rosa e Joaquim Neto Murta – do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e Investigadores do Instituto de Ciências Nucleares Aplicadas à Saude (ICNAS) – Miguel Castelo Branco – ganhou o Prémio Obstbaum. Este prémio, atribuído pelos editores da revista oficial da American Society of Cataract and Refractive Surgery (ASCRS) e da European Society of Cataract and Refractive Surgeons (ESCRS) – Journal Cataract & Refractive Surgery (JCRS), distingue o melhor trabalho científico publicado anualmente nesta revista. “Functional magnetic resonance imaging to assess neuroadaptation to multifocal intraocular lenses”, publicado em Outubro de 2017, foi pois eleito o melhor trabalho científico publicado em 2017.

 

A entrega deste prémio extremamente importante, reconhecendo um projecto (NECSUS), iniciado há cerca de 2 anos, acerca de algo que todos falavam há muitos anos mas que ninguém sabia realmente o que era, realizou-se na reunião anual da ASCRS em Washington.