Consentimentos Informados

Consentimento Informado para Cirurgia em Oftalmologia

O Direito dos doentes e o Dever dos médicos exprime-se na prática do Consentimento informado – Direito à autodeterminação nos cuidados de saúde cuidados de saúde

Para obviar a que o uso de formulários se venha a tornar num mero formalismo burocrático, como complemento do processo clínico, o dever de informar e esclarecer adequadamente visa dar verdadeira efetividade ao direito à autodeterminação nos cuidados de saúde.

Sendo o formulário um documento legal é também a expressão da confiança que se estreita entre o médico e o doente. A relação médico-doente que se fundamenta num encontro de dois modelos explicativos diferentes (do médico e do doente), inscreve-se no respeito pela dignidade do doente, que se expressa no seu direito à liberdade de decisão, após ser devidamente esclarecido.

Naturalmente que cada formulário ou termo de consentimento terá particularidades próprias, devendo ser adequado aos diversos procedimentos, com o seu propósito, a descrição dos riscos, benefícios, complicações mais frequentes e raras, vantagens, alternativas, e consequências da recusa do doente na intervenção.

Nesse sentido os formulários que seguem em anexo, com idiossincrasias específicas, pretendem ajudar a estimular um diálogo, que se pretende promotor de um clima de abertura e confiança, sem o qual a nossa prática não teria qualquer sentido.

Dr, Leonor Almeida

 

 

Documentos de Consentimento Informado para Procedimentos Cirúrgicos